domingo, 1 de novembro de 2015

As pausas também são música. 
Esta é a sua pausa. A sua pausa, na sua música. Esta é a sua pausa no deixar-se enfeitiçar. No deixar-se admirar, apaixonar, engraçar, devanear, simpatizar profunda e eternamente com quem o olhar se cruza por acaso, sem razão, sem justificação que lhe dê sequer motivos para alimentar o que quer que seja. Esta é a sua pausa. A sua pausa, na sua música. A sua pausa no olhar mais do que uma vez para ver se a magia se dá, no criar uma ligação imaginária que não existe por só existir num lado, a sua pausa no pensar que o momento é agora. Esta é a sua pausa. Tem de ser a sua pausa. Porque parar é o seu sinal de sensatez. De que ainda tem controlo. De que o coração manda mas a cabeça também pensa. 
Apenas uma pausa, 
uma simples pausa. 
Para não tocar a nota no momento errado. 
Para não preencher um silêncio necessário. 
Para não estragar a melodia que toca. 
Entre duas notas de música existe uma nota, entre dois fatos existe um fato, entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam existe um intervalo de espaço, existe um sentir que é entre o sentir - nos interstícios da matéria primordial está a linha de mistério e fogo que é a respiração do mundo, e a respiração contínua do mundo é aquilo que ouvimos e chamamos de silêncio. Clarice Lispector


0 comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha foto
Música. Família. Amor. Amizade. Escrita. A procura por mim mesma. Vida. E é a isto que se resume. Sintam-se à vontade por aqui & enjoy. :)

AUTÊNTICO

AUTÊNTICO
"To avoid criticism say nothing, do nothing, be nothing" ;-)

Em destaque

Meu amor!

Deixa que o poder dos sentimentos opere em ti. Desliga-te de qualquer teoria e pré-concepção. Deixa a descoberto as tuas defesas. Sê como o...

Followers

Visitas

AUTÊNTICO (C) Verónica Silva. Com tecnologia do Blogger.