sábado, 31 de agosto de 2013

Inner Flight

Okay. Estou vestida com um conjunto verde com uns 20, 25 anos de idade, cabelo curto cheio de caracois, chapeuzinho verde também e uma malinha que encaixa perfeitamente. Sinto-me digna de entrar num filme: sendo uma daquelas raparigas prestes a apanhar um comboio ou uma daquelas hospedeiras antigas prestes a... sei lá. Fazer o que as hospedeiras fazem. Estou rodeada de raparigas com diversos trajes, mas sinto que nao estou aqui. Imagino-me em situações diversas, há muitos anos atrás, a sentir o vento na face, correr para alcançar uma liberdade tão difícil de viver na época. Ahh, como é bom viajar no tempo. Um tempo que nunca vivi. Feel like a bird. Flying through my imagination.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Bird

Mais um dia. Mais uma noite. Pergunto-me como vai ser adormecer. Demorará tanto como nas últimas noites? Queria despir-me. Não, não no sentido literal. Queria despir-me de um mundo de preconceitos. Queria despir-me da insegurança que me envolve e reprime no meio de tanto consumismo. Queria não sentir tanta pressão. E queria não ter de me justificar dizendo que sei que é estúpido sentir-me assim. Ou será que não é? Olho à minha volta, vejo pessoas bonitas... Por fora, na sua maioria. Acabo, de certa forma, por sentir-me esmagada pela multidão. Deslocada. E quaase me deixo levar. Caio por mim mesma, vou ao chão e, confusa, lá fico. Quem sou eu? O que fazer, o que me espera? Como superar? Como enfrentar e avançar? 
Ao final do dia, olho-me ao espelho e sinto-me bem. É algo espontâneo. Para mim, até inesperado. Como? - pergunto-me. Não sei. Mas logo me dá uma vontade de sorrir. Levantar-me, sair à rua e ver as estrelas, correr até à praia, sentir a água refrescar-me o corpo e as ideias, ver as minhas pegadas na areia, rir abertamente e apreciar também um silêncio com as pessoas que realmente me admiram pelo que sou, mesmo com todos os defeitos e feitios. E aí lembro-me que isso é o que importa. E é isso que me faz feliz, é isso que me faz sentir livre. In the end, all we have is who we are. Tudo isto, para mim, é como um sonho. Nem sempre será uma realidade física. Mas enquanto aqui estiver, nunca será impossível.


domingo, 11 de agosto de 2013

Amor!

Crazy Little Thing Called Love. Awesome. É incrível a forma como o amor opera em nós. Até o Sol brilha mais fortemente. E é louco. O amor é realmente louco. Mas, mais do que isso, o amor é genuíno. O amor não despoleta esforço. Apenas aparece...! Como uma melodia que criamos na guitarra com apenas alguns acordes. O amor é simples! E, clichés à parte, o amor é o amor. Como o Sol que brilha mesmo que não o consigamos ver, como Deus que está lá sempre, pronto a olhar por nós e para nós. O amor existe, mesmo que não o vejamos. O amor flui, assim como estas palavras num editor de texto de um blog idêntico ao de tantos outros, mas que agora é preenchido por alguém. O amor preenche-nos a nós, blogs, através de momentos e pessoas que jamais imaginaríamos. O amor faz-nos sentir em casa, mesmo que estejamos a km de distância ou nem saibamos onde esta fica.

Put your hearts up,
if we give a little love,
maybe we can change the world.
                                                - Ariana Grande

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Autopower

É impressionante o modo como a vida passa. Não dá para parar, para criar uma pausa e voltar ao play quando queremos. A vida não é um Click. É preciso aproveitar o momento. Definir estratégias para alcançar objetivos. Conhecer. Aprender. Agradecer. Permanecer. Ser humilde. É preciso também, além de viver, reviver. É preciso olhar para trás, rever o que passou, guardar o menos bom para não repetir, utilizar o bom sempre. É necessário ter noção da nossa evolução a todos os níveis. MAS não nos deixarmos consumir pelo passado. Isso mata lentamente.
Se há alguém que achas difícil fazer a Walk the Talk, sou eu. MAS há que fazer um esforço, mesmo quando não sabemos como fazê-lo. Tu não és superior, mas não és, de forma nenhuma, inferior. TU és um filho/a do Pai Celestial e Ele ama-te muito. TU tens uma grande luz, um grande semblante à espera que lhe dês autorização e o impulso para se revelar a ti e ao mundo. TU fazes a diferença, só pelo facto de existires! E podes chegar onde quiseres, mas isso apenas depende de ti. Nunca desistas. Eu não vou desistir!

Autopower.


Acerca de mim

A minha foto
Música. Família. Amor. Amizade. Escrita. A procura por mim mesma. Vida. E é a isto que se resume. Sintam-se à vontade por aqui & enjoy. :)

AUTÊNTICO

AUTÊNTICO
"To avoid criticism say nothing, do nothing, be nothing" ;-)

Em destaque

Meu amor!

Deixa que o poder dos sentimentos opere em ti. Desliga-te de qualquer teoria e pré-concepção. Deixa a descoberto as tuas defesas. Sê como o...

Followers

Visitas

AUTÊNTICO (C) Verónica Silva. Com tecnologia do Blogger.