terça-feira, 29 de janeiro de 2013

*Insert Title Here*

Será que realmente sabes quem tu és? Sabes o teu nome, sabes a tua idade, sabes onde moras, sabes com quem vives. Mas será que, quando olhas para o teu interior, durante a noite, no escuro, sabes quem tu realmente és? A mente imagina, o coração sente, os olhos abertos criam fantasmas que o corpo absorve e percorrem cada pedaço da tua existência. Dunno quem eu sou. Assim como tu não sabes quem és.       How can I become who I want to be?       How can I become who I want to be, when that includes to be what I'm not? Ou será que sou?
Eu gosto do silêncio, de não preencher o tempo com conversa fiada. Gosto de sentir, gosto de refletir. Gosto de sentir a respiração do outro lado da linha, entre poucas palavras, poucas frases. Só pelo prazer de estar. Longas pausas, palavras sentidas. Gosto de estar perto de alguém e deixar os olhos, a respiração, o jeito do lábio, as mãos e o bater ou o não bater das pés falarem por si. Gosto do pensar, do sentir em sintonia, mesmo que os caminhos sejam completamente diferentes. A viagem une. E isso vale muito. Gosto de tentar colocar tudo isso em prática, apesar de, dessa forma, parecer um Fernando Pessoa desligado do mundo que o rodeia.
Isso faz de mim estranha? Não sei.  Preocupa-me? Não, na maioria das vezes.
Sinto-me deslocada.
É estranho, porque as pessoas que mais me fazem ser eu e sentir indefinidamente, sem problemas estão longe. Ou talvez seja eu que crie barreiras. What does that matter, anyway?... I don't want to change and even if I wanted, I couldn't.

Talvez eu seja igual a todas as outras pessoas.
           Talvez o normal seja isto.
Mas se o é, não o reconheço.
Se o é, não o vejo.
           Se o é, não o sinto.
Sou um ser Indefinido na mais abstrata das definições:
                            "Normal".
E talvez esteja bem com isso.
           "Talvez".
Acho que estou.
E tu? Estás?
Vais descobrir quem tu realmente és
e aceitá-lo?

Muitos concordam, muitos aceitam, muitos pensam "eu também sou assim".
                                              Poucos são os que o colocam (ou se esforçam por colocá-lo) em prática.


3 comentários:

Acerca de mim

A minha foto
Música. Família. Amor. Amizade. Escrita. A procura por mim mesma. Vida. E é a isto que se resume. Sintam-se à vontade por aqui & enjoy. :)

AUTÊNTICO

AUTÊNTICO
"To avoid criticism say nothing, do nothing, be nothing" ;-)

Em destaque

Meu amor!

Deixa que o poder dos sentimentos opere em ti. Desliga-te de qualquer teoria e pré-concepção. Deixa a descoberto as tuas defesas. Sê como o...

Followers

Visitas

AUTÊNTICO (C) Verónica Silva. Com tecnologia do Blogger.