sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Ela

Ela perdeu tudo o que tinha. Perdeu a cor, perdeu o sabor, perdeu o valor. Deixou-se levar pelas tempestades, pelos bons ventos que se revelaram doentios, pelo cheiro a flores engarrafado. Ela perdeu tudo o que tinha. Perdeu o amor por si mesma, o amor pelos outros, o amor puro. Tudo se tornou breve. Instantâneo. Vazio. Dentro dela viviam apenas histórias que poderiam ter sido, medos que se revelaram e pedaços de homens que não mostraram ser nada mais do que isso: pedaços.
Ela percorria as ruas sem nada ver, à procura do que já não era viver. Ela perdeu tudo o que tinha; perdeu tudo o que era. E a vida que outrora se apresentara perfeita, era tão perfeita como um castelo no ar. Frágil, inalcançável e imaginária. Cada carro que abrandava era uma hipótese de sucesso mas nunca passava disso. Felizmente! Conseguiria ela perceber um dia que o desespero estampado na face dela e, ainda mais, na sua alma, não se dissolveria com um pedaço de carne! Conseguiria ela perceber...
Os sons e os tons da noite intensificavam tudo. Ela continuava às voltas, perdida, adormecida pelos sentidos que lhe confundiam o espírito. Até que parou. Sentou-se e pensou. Mesmo que nunca mais te tenha. Mesmo que nunca mais te queira. Mesmo que nunca mais te veja. Preciso de te deixar ir. Não aguento. Estou cansada. Preciso de mim, preciso de me ter outra vez. Fechou os olhos por volta de meia hora. Respirou fundo.
Percebeu que nunca é tarde... Não para voltar atrás, mas para começar de novo. Limpou as lágrimas que lhe haviam escorrido no rosto.

E acordou.

0 comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha foto
Música. Família. Amor. Amizade. Escrita. A procura por mim mesma. Vida. E é a isto que se resume. Sintam-se à vontade por aqui & enjoy. :)

AUTÊNTICO

AUTÊNTICO
"To avoid criticism say nothing, do nothing, be nothing" ;-)

Em destaque

Meu amor!

Deixa que o poder dos sentimentos opere em ti. Desliga-te de qualquer teoria e pré-concepção. Deixa a descoberto as tuas defesas. Sê como o...

Followers

Visitas

AUTÊNTICO (C) Verónica Silva. Com tecnologia do Blogger.