domingo, 1 de março de 2015

Fragmentos de quem se deixa levar conscientemente

Sinto formigueiros na alma. Borboletas no estômago. Pássaros na mente. Tigres no coração.
Deixo-me levar pela escrita como uma folha solta se deixa levar pelo vento:
Deixo-me levar pela música como quem se apaixona eternamente: 
Deixo-me levar pela dança como uma onda leve em dias de mar calmo:
 
Sinto formigueiros na alma. Borboletas no estômago.
Pássaros na mente. Tigres no coração.
Deixo-me levar pela arte como quem passa creme na pele: 
Deixo-me levar pelo que sinto como quem se deixa levar pelo que sente;
 
Como quem sente formigueiros na alma.
Borboletas no estômago.
Pássaros na mente. Tigres no coração.
 
livre e sem destino.
gradualmente e por completo.
fresca e de mansinho.
 
repetidamente.
Felizmente. Universalmente. Incontrolavelmente.
 
 

0 comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha foto
Música. Família. Amor. Amizade. Escrita. A procura por mim mesma. Vida. E é a isto que se resume. Sintam-se à vontade por aqui & enjoy. :)

AUTÊNTICO

AUTÊNTICO
"To avoid criticism say nothing, do nothing, be nothing" ;-)

Em destaque

Meu amor!

Deixa que o poder dos sentimentos opere em ti. Desliga-te de qualquer teoria e pré-concepção. Deixa a descoberto as tuas defesas. Sê como o...

Followers

Visitas

AUTÊNTICO (C) Verónica Silva. Com tecnologia do Blogger.