domingo, 30 de junho de 2013

O outro lado

Há sempre o outro lado da moeda. O outro lado do jogo. O outro lado da relação. O outro lado do amor. O outro lado do pensamento, do sentimento, da escrita. Existe sempre a outra versão da história, o outro ponto de vista. Nada é igual. E nada é igual, porque não existimos sozinhos. No final, quem estará certo? Quem sentirá mais, quem sentirá menos? E o que é o menos e mais, se somos seres tão diferentes na nossa igualdade? Por vezes, é tentador experimentarmos a visão, a perspetiva do outro. Como serei eu nas suas memórias? Serei tão bela como esse mesmo outro é nas minhas? Mas será que isso é realmente importante? Existe sempre o outro lado. Numa corrida existe sempre o perdedor e o vencedor. A corrida nunca será a mesma para os dois. O perdedor encontrará dificuldades, rancores ou poderá até mesmo ver a corrida como uma vitória! O vencedor, o mesmo ou vice-versa. O traficante de droga poderá ser um herói para mim, se eu for a filha amada e protegida por ele e o que ele fizer trouxer comida para casa; se dentro daquelas quatro paredes viverem em felicidade. O traficante de droga poderá ser um pulha para os polícias que o prendem após uma operação de sucesso. Mas essa operação de sucesso será um fracasso, se a filha perceber que a vida passa, o tempo não pára e poderá ter perdido o pai, o amor e a proteção para sempre. Um casamento é o início de um caminho de felicidade: um casal faz juras eternas que se cumprirão. No entanto, esse mesmo casamento é a maldição de uma mulher que amou aquele noivo a vida inteira, que lhe dedicou os pensamentos e predições do futuro à noite, antes de dormir; a maldição de um homem que se esforçou a vida inteira pela amiga de infância que agora vê casada com outro. Mas a vida passa, o tempo não pára e, certa vez, tudo acaba. E tudo começa. Aquele dia nunca será apenas um, nunca será o mesmo. Uma morte, um nascimento. Um fim, um recomeço. Resta que decidamos qual o lado da moeda vamos escolher.


0 comentários:

Enviar um comentário

Acerca de mim

A minha foto
Música. Família. Amor. Amizade. Escrita. A procura por mim mesma. Vida. E é a isto que se resume. Sintam-se à vontade por aqui & enjoy. :)

AUTÊNTICO

AUTÊNTICO
"To avoid criticism say nothing, do nothing, be nothing" ;-)

Em destaque

Meu amor!

Deixa que o poder dos sentimentos opere em ti. Desliga-te de qualquer teoria e pré-concepção. Deixa a descoberto as tuas defesas. Sê como o...

Followers

Visitas

AUTÊNTICO (C) Verónica Silva. Com tecnologia do Blogger.